Central de Atendimento

ou whatsapp (11) 97593-7749
Conquista

2021: Licença-paternidade será de 28 dias no Santander

Ampliação é pauta histórica do movimento sindical bancário, que já havia conquistado, na Campanha Nacional dos Bancários de 2016, a ampliação para 20 dias. Para fazer jus ao direito, bancários devem concluir o curso de paternidade responsável

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 01/09/2020 16:28 / Atualizado em 01/09/2020 17:09

skalekar1992/Pixabay

A partir de janeiro de 2021, a licença-paternidade no Santander será de 28 dias. A medida vai ao encontro de uma pauta histórica do movimento sindical, a licença parental de seis meses tanto para o pai quando para a mãe. Na Campanha Nacional dos Bancários de 2016, a categoria conquistou a ampliação da licença-paternidade para 20 dias, nos termos da Lei 13.257, promulgada pela ex-presidenta Dilma Rousseff. 

Acordos de banco de horas negativo e antecipação da PLR, Sindicato indica aprovação

Sindicalize-se e fortaleça a luta em defesa dos direitos dos bancários

“Embora a licença parental de seis meses para ambos os pais ainda esteja distante, reconhecemos e valorizamos esta orientação global do grupo Santander, acatada pela operação brasileira. As licenças maternidade e paternidade são direitos da criança. A ampliação da licença-paternidade de 5 para 20 dias, conquistada em 2016, nos termos previstos na lei 13.257, já representou um importante passo na luta pela paternidade responsável e relações compartilhadas. Agora, no Santander, são 28 dias. Continuaremos a mobilização para que seja ampliada ainda mais”, destaca a diretora do Sindicato e bancária do Santander, Lucimara Malaquias. 

Lucimara lembra que, para fazer jus à licença-paternidade de 28 dias, o bancário deve concluir curso de paternidade responsável. O curso é oferecido pelo Sindicato e, para sindicalizados, é gratuito. 

“O curso, além de pré-requisito obrigatório para a ampliação da licença-paternidade, é uma oportunidade de enriquecer ainda mais o convívio entre o pai e o futuro filho, compartilhando as responsabilidades e fortalecendo vínculos afetivos”, diz a diretora do Sindicato. 

 

 

Devido à pandemia de coronavírus, todos os cursos oferecidos pelo Sindicato foram adiados. CLIQUE AQUI e confira informações sobre futuras turmas do curso de Paternidade Responsável. 



Voltar para o topo