Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Sem infraestrutura

Sindicato paralisa agência da Caixa para cobrar conserto de ar-condicionado

Imagem Destaque
Fachada de agência da Caixa Econômica Federal em Sapopemba que foi palco de protesto para cobrar conserto de ar-condicionado

O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região retardou por uma hora a abertura de uma agência da Caixa Econômica Federal localizada em Sapopemba, zona leste de São Paulo. O protesto realizado nesta segunda-feira 7 foi motivado para cobrar da direção do banco o conserto do aparelho central de ar-condicionado da unidade bancária, que está inoperante há cerca de dois meses, desde quando teve componentes furtados.

Um ofício em nome do Sindicato e da Apcef/SP foi enviado à direção da Caixa na quinta-feira 3 cobrando solução para o problema.

“É um absurdo é inaceitável que a agência permaneça tanto tempo sem condições de trabalho. Todos os dias o local fica muito abafado, especialmente nos dias de calor do verão. Recebemos muitas reclamações de clientes e de empregados. A direção da Caixa deve dar suporte adequado para a área de infraestrutura, para que problemas como este não demorem a ser resolvidos Fizemos esta atividade para cobrar uma resolução definitiva a fim de reparar o sistema central de ar-condicionado.”

Luiza Hansen, dirigente sindical e empregada da Caixa.

A área de infraestrutura enviou cerca de seis aparelhos portáteis de ar-condicionado, mas os colocados no térreo estão instalados de forma inadequada, com todos ligados em uma única fonte de energia e com a fiação atravessando a área onde clientes e empregados circulam.

Para Danilo Perez, dirigente sindical e empregado da Caixa, a situação da agência em Sapopemba demonstra o descaso com os empregados do banco e evidencia o sucateamento das áreas meios, como a responsável pela infraestrutura dos prédios do banco.

“As agências estão cada vez mais cheias, nas quais muitas delas estão sendo ativados os protocolos de Covid-19, devido ao surgimento de casos da doença. Por outro lado, é cada vez maior a pressão pelo cumprimento de metas para um número cada vez menor de empregados devido aos sucessivos planos de demissões voluntárias. E a tudo isto se soma uma realidade na qual os bancários são obrigados a atenderem sem conforto térmico porque a área de infraestrutura tem cada vez menos condições de solucionar os problemas. Uma situação inaceitável que expõe e resume o atual cenário de desmonte da Caixa Econômica Federal.”

Danilo Perez, dirigente sindical e empregado da Caixa

Durante a atividade, os dirigentes do Sindicato conversaram com os empregados da agência para falar sobre a questão do ar-condicionado, e aproveitaram para informar sobre o protocolo Covid-19 e as cobranças que estão sendo feitas em relação à melhoria das normas.

>Covid-19: Sindicato se reúne com SRs e cobra respeito aos protocolos
>Sindicato cobra da Caixa cumprimento do protocolo covid

Na conversa com os bancários, também foi abordada a eleição para o Conselho de Administração da Caixa, que será realizada entre os dias 14 e 17 de fevereiro. O Sindicato, a Apcef/SP, a Fenae e demais entidades representativas dos empregados apoiam a reeleição de Rita Serrano.

Dirigentes conversam com empregados de agência da Caixa em Sapopemba

Procure o Sindicato

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação.

Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? Deixe seu contato que vamos te ligar 

Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário ou whatsapp.

 Em tempo real - Entre nessa página especial do nosso site para saber todas as notícias sobre o coronavírus (Covid-19) 

Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.

seja socio