Central de Atendimento

ou whatsapp (11) 97593-7749
Coronavírus

Após cobrança, Daycoval informa medidas de proteção

Banco informou ao Sindicato que colocou mais da metade da equipe em home office e que aboliu as metas neste período

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 27/03/2020 18:58 / Atualizado em 27/03/2020 19:24

Daycoval enviou fotos ao Sindicato que mostram sanitização dos locais de trabalho, como prevenção ao coronavírus

Foto: Daycoval

Após cobranças do Sindicato dos Bancários de São Paulo, o banco Daycoval informou que adotou medidas de segurança para os bancários e de contenção à propagação do coronavírus. Segundo o banco, todos que se identificaram como grupo de risco (acima de 60 anos, diabéticos, hipertensos, cardíacos, asmáticos, em tratamento contra câncer ou com qualquer doença crônica ou imunodepressiva) foram liberados para home office. 

No início desta semana, de acordo com o Daycoval, mais 500 pessoas foram colocadas em home office, o que significa que metade do quadro das sedes do banco está em trabalho remoto. A ideia é fazer revezamento semanal. “No dia de hoje já são 672 pessoas em home office”, afirma o banco em e-mail enviado ao Sindicato na quarta-feira 25. Ainda segundo o Daycoval, a partir de 1º de abril, serão cerca de 200 pessoas em férias.

Tempo Real: Acompanhe as notícias sobre o Coronavírus nos bancos

O banco também informa que proibiu qualquer tipo de visita externa à sua sede, bem como reuniões internas. E que pediu para que os trabalhadores circulem apenas nos seus andares. Além disso, separou a equipe em duas, colocando-as em locais distintos, abrindo assim mais um andar em outro prédio para alocar funcionários com mais espaço entre si. 

Diz ainda que estão mapeando cada funcionário com indício de contágio e esse funcionário é afastado, assim como todos que tiveram contato com ele ou que ficaram a menos de 1 metro de distância desse funcionário nos último 7 dias. “Fazemos o acompanhamento. Se não aparecer nenhum sintoma a pessoa pode voltar após 7 dias”, assegura.

Metas suspensas

Outra medida importante anunciada pelo banco é a suspensão das metas. “Todas as campanhas com metas foram canceladas, este tema não faz sentido neste momento”, afirma o banco.

Outras ações 

O Daycoval comunicou ainda ao Sindicato que está permitindo que as pessoas comam em suas mesas, para evitar aglomerações no refeitório. E que o refeitório dos condomínios de outras unidades foram fechados e foram disponibilizados micro-ondas nas copas dos andares.

Também houve distribuição de máscaras e foi orientado seu uso obrigatório nos elevadores. E está sendo feita a desinfecção das áreas da empresa. Além disso, foi criado um banner na intranet só para o tema coronavírus.

Negociação com bancos

A secretária-geral do Sindicato, Neiva Ribeiro, destaca que a categoria bancária é uma das poucas no país que está negociando medidas de proteção aos trabalhadores com as instituições financeiras. “Já tivemos avanços inclusive nos maiores bancos do país, que acataram nossas reivindicações como adotar home office para grupo de risco; horário diferenciado de atendimento ao público; atendimento só para serviços essenciais nas agências; e orientar clientes a priorizarem os canais digitais. A iniciativa do Daycoval de suspender as metas vai de encontro ao que estamos reivindicando dos bancos. Esperamos que outros adotem a medida, que é fundamental para os bancários nesse momento de insegurança. O Sindicato continua atento e os bancários devem denunciar a nós caso as medidas anunciados pelas instituições financeiras não estejam sendo cumpridas.

Coronavírus: Sindicato e Fenaban se reúnem na segunda 30

Informe-se e veja como denunciar

Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? Deixe seu contato aqui que vamos te ligar.

 

 

Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat ou solicitação via formulário.

Em tempo real - Entre nessa página especial do nosso site para saber todas as notícias sobre o Coronavírus (Covid-19)

Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.

 

 



Voltar para o topo