Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Pandemia

‘Por que não posso ficar em casa?’

Linha fina
Bancários, clientes e demais trabalhadores já estão aderindo ao abaixo-assinado contra o retorno ao trabalho presencial ordenado pela direção da Caixa aos setores de TI; veja relatos dos participantes
Imagem Destaque
Arte: Linton Publio

Empregados da Caixa Econômica Federal, seus familiares, clientes e demais trabalhadores já estão aderindo ao abaixo-assinado contra a retorno ao trabalho presencial imposto pela direção do banco público aos profissionais de Tecnologia da Informação (TI). Em 3 dias, já foram mais de 1,3 mil assinaturas contra esta medida arbitrária.

A direção da Caixa decidiu que, a partir do último dia 5, mesmo em um cenário em que a média diária de mortes pela covid-19 supera os 3 mil óbitos, todos os empregados dos setores de TI (CEPTI, Cedes e Ciaus), exceto os incluídos no grupo de risco, deveriam voltar ao trabalho presencial. Para piorar o que já é ruim, a direção do banco nem sequer comunicou os empregados por e-mail, o canal oficial de comunicação na Caixa.

O dirigente sindical e bancário da Caixa Dionisio Reis ressaltou a mobilização do Sindicato cobrando a inclusão dos bancários no grupo prioritário da vacinação.

“Queremos que a vacina seja oferecida gratuitamente para todos os brasileiros, protegendo, assim, não só os bancários, mas também os clientes, familiares e amigos. E estamos constantemente na luta por mais empregados para a Caixa, para melhorar o atendimento e reduzir filas e aglomerações nas agências; e melhores condições de trabalho para os empregados da linha de frente, como proteção em acrílico, máscaras e álcool em gel”, afirmou.

15 motivos para aderir ao abaixo-assinado

Vários empregados que aderiram ao abaixo-assinado enviaram relatos e mensagens de protesto contra esta medida. Abaixo, você confere alguns depoimentos. A identidade dos autores será mantida em confidencialidade, para evitar retaliações por parte dos gestores:

O Home Office previne a contaminação em massa das pessoas que estão com o vírus. Precisamos, neste momento delicado, preservar vidas. O serviço remoto não impacta negativamente nos serviços prestados até o momento, pelo contrário, a proatividade das equipes melhorou com o trabalho remoto.

Acredito que o trabalho remoto não gera prejuízo ao cliente. Já trabalhamos obrigatoriamente de forma remota, pois as equipes são separadas. Além de preservar vidas até que a situação esteja controlada. Já perdemos amigos devido a covid!

O trabalho remoto proporciona mais segurança à saúde, e a eficácia da produção não é afetada. Com utilização da tecnologia é possível nos mantermos conectados com mais pessoas do trabalho. E facilita a aproximação mais ágil com as pessoas.

Absurda a volta ao presencial na situação em que estamos. Diariamente recebemos notificação de parentes de empregados mortos por covid. A Caixa não divulga o número de funcionários atingidos, mas é óbvio que as notícias correm.

Bancário é uma categoria de risco, por trabalhar em lugar fechado, respirando o mesmo ar que todos os clientes respiram. Só a vacinação imediata reverterá a aceleração das contaminações e óbitos dos nossos colegas.

Diante do cenário em que estamos vivendo, para evitarmos maior disseminação do vírus, pela segurança dos seus, o ideal é que os funcionários continuem trabalhando em casa.

Não concordo com a volta do presencial. As mortes e contaminações crescem. Quem pode trabalhar remoto deve fazê-lo. Deixar o máximo possível transportes e a rua livres para quem é necessário.

Não faz sentido esse retorno em pleno ápice da pandemia, principalmente quando o trabalho executado pode perfeitamente ser realizado à distância.

Acredito que para trabalhos que possam ser efetuados remotamente, é incabível o retorno presencial. Só tende a aumentar os casos de contágio e vítimas fatais.

Sou funcionária terceirizada da TI na Caixa, já perdemos colega de trabalho para a covid e vários parentes de colegas de trabalho também estão morrendo.

Não há vagas em hospitais particulares, convivo com pessoas com comorbidade e estou trabalhando há um ano em home office sem atrapalhar as entregas.

Além de preservar vidas, já está mais do que provado que tanto empregados como empresas saem ganhando com o trabalho remoto!

É um absurdo voltar presencial, sendo possível realizar o trabalho remotamente. É muita maldade. É só para fazer mais mortos?

Estamos em uma pandemia; o contágio será maior, e o risco de contaminar vidas também.

Sou bancário e estou vendo meus amigos morrerem de covid.