Resistência

Ato lúdico faz alerta sobre a venda da Lotex

Com muito bom humor, dirigentes questionaram se o Brasil deve trocar investimentos sociais por mixarias

  • Danilo Motta, Redação Spbancarios
  • Publicado em 02/05/2019 15:52 / Atualizado em 18/06/2019 17:55

Foto: Seeb-SP

O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região foi mais uma vez às ruas, na quinta-feira 2, para protestar contra o desmonte da Caixa Econômica Federal. De forma lúdica, os dirigentes recriaram o quadro do programa Silvio Santos em que os participantes fazem trocas esdrúxulas de brindes. Na cabine do Sindicato, entretanto, o apresentador questionava se os participantes trocariam direitos por mixarias.

> Sindicato faz nova atividade em defesa da Caixa
> Sindicato fará atividades contra leilão da Lotex até 9 de maio

"Com a privatização das lotéricas nós vamos desmembrar várias coisas, vários beneficios que a arrecadação da Caixa consegue com a Lotex e repassa para trabalhos sociais. Então com certeza absoluta, com essa privatização vamos economizar bastante! Você quer trocar o benefício repassado à seguridade social por uma chupeta?", ironizou o apresentador.

Depois da brincadeira, os dirigentes explicaram a real situação com a entrega da Lotex.

"Não podemos deixar que o dinheiro que deveria ir para os esportes, que deveria ir para a cultura, para patrocinar o teatro e o cinema nacional, agora vá para algum tipo de empresa internacional, que vai explorar a Caixa Econômica Federal a seu bel prazer, sem a menor preocupação com a população. Então nós fizemos esta encenação aqui para alertar a população contra esse fatiamento da Caixa que está colocado por esse desgoverno", explicou o dirigente sindical Chico Pugliesi.

O leilão da Lotex, que estava marcado para o dia 9 de maio, foi adiado para o dia 28 de maio. Se for efetivado, o percentual repassado a programas sociais será reduzido drasticamente. Para se ter uma ideia, as loterias da Caixa registraram em 2017 uma arrecadação de cerca de R$ 14 bilhões de forma global. Desse valor, 48% foi repassado para programas sociais. O leilão prevê que o repasse seja de 16,7%.



Voltar para o topo