Caixa Federal

Sindicato cobra e acareações não devem mais acontecer

Diretor da Dired afirmou que a ação foi pontual; caso a prática persista, empregado deve denunciar ao Sindicato

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 23/05/2019 19:08 / Atualizado em 23/05/2019 19:12

O Sindicato se reuniu com o diretor regional da Dired em São Paulo, Robert Kennedy, nesta quarta-feira 22. Entre outros pontos, os representantes dos empregados da Caixa cobraram o fim das acareações entre bancários e clientes, atitude que configura assédio moral e não melhora o atendimento à população. De acordo com denúncias de bancários, a prática consiste em um café da manhã que reúne empregados e clientes que responderam antes uma pesquisa de satisfação feita por SMS. Por sua vez, o diretor da Dired afirmou que a ação foi pontual e não deve mais ocorrer.

> Caixa: Sindicato rechaça acareações promovidas em agências

“Recebemos diversas denúncias de bancários justamente indignados com a prática. Além de constrangedor, o encontro expõe e deixa os trabalhadores vulneráveis.  Uma situação de óbvio assédio moral. Ficamos satisfeitos por não só a nossa cobrança ter sido acolhida pelo diretor da Dired, como também pelo fato de que as acareações não vão mais acontecer. Esse é um exemplo de que a parceria entre bancários e Sindicato sempre gera bons frutos para os trabalhadores”, comenta o diretor do Sindicato e coordenador da CEE/Caixa, Dionísio Reis.

“Outro ponto positivo foi a abertura de um canal de comunicação com a Dired. Ganhamos mais um espaço de diálogo e negociação para cobrarmos do banco soluções para as questões apontadas pelos empregados”, acrescenta.

O dirigente pede que, caso o empregado participe de alguma forma de acareação com clientes, que denuncie ao Sindicato.

Denuncie ao Sindicato

Os bancários podem fazer denúncias ao Sindicato pelos telefones 3188-5200 ou 97593-7749 (WhatsApp), pelo canal de denúncias no site ou pessoalmente nas regionais. O anonimato é garantido.



Voltar para o topo