Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Cultura e cidadania

CineB Solar exibe curtas em encontros virtuais nesta quinta 20 e sexta 21

Imagem Destaque
Cartaz do CineBSolar

O CineB Solar exibirá dois curtas-metragens nacionais na quinta-feira 20 e na sexta-feira 21, pelo seu canal do YouTube. Na quinta, o filme em cartaz será “Procura-se”, às 14h; e na sexta-feira, será exibido o curta “Preto no Branco”, às 18h. O CineB Solar é um projeto realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e pela Brazucah Produções, com o objetivo de levar o cinema nacional para comunidades de bairros periféricos da Grande São Paulo. Com a pandemia, o projeto aposta na versão on line.

Após as exibições dos curtas, haverá bate-papo com seus diretores: Iberê Carvalho (Procura-se) e Valter Rege (Preto no Branco), e debate com as comunidades para as quais serão direcionadas as sessões. Veja abaixo:

  • Procura-se: exibição na quinta 20, às 14h, com encontro on line entre o diretor do filme, o cineasta Iberê Carvalho, e os alunos do Centro para Crianças e Adolescentes Nossa Senhora de Fátima, da Sociedade Santos Mártires. Participa também do debate a dirigente do Sindicato Fernanda Reis.

A entidade, localizada na zona sul da capital, atende diariamente 120 crianças entre 6 e 15 anos, e mantém um convênio com a Prefeitura de São Paulo. O centro desenvolve trabalho de assistência a comunidade desde 2001. Uma parte significativa das pessoas atendidas pelo programa nunca tiveram acesso a uma sala de cinema.

  • Preto no Branco: exibição na sexta 21, às 18h. Após, haverá debate on line com o diretor Valter Rege e o público do Centro Social Santos Dias. O debate também contará com a participação do dirigente da Fetec/SP Fernando Mattos.

O centro, localizado no Rio Pequeno (zona oeste) desenvolve há mais de 30 anos um trabalho voltado à educação de crianças e adolescentes e busca desenvolver atividades que promovam o desenvolvimento humano, buscando a proteção, segurança, alimentação, cultura e saúde das crianças atendidas. A entidade promove ainda a alfabetização de jovens e adultos além de contribuir com a conscientização do exercício da cidadania e a redução do índice de analfabetismo na zona oeste da cidade de São Paulo.

Levando a cultura para comunidades carentes

O secretário de Cultura do Sindicato, Marcelo Gonçalves, destaca que o projeto, desenvolvido há 14 anos, aposta na cultura como forma de promover a cidadania, o lazer e a reflexão crítica sobre a realidade. “O CineB Solar leva filmes brasileiros para pessoas que não costumam ter acesso a essas obras. Muitos dos espectadores alcançados pelo projeto, nunca tinham entrado em uma sala de cinema. E as sessões promovidas são sempre seguidas de debates com os diretores, atores, produtores da obra. Com a pandemia, o CineB Solar teve de se reinventar, e substituiu as sessões em praças, escolas e centros comunitários, por exibições virtuais. Mas continuamos promovendo esses encontros, ainda que on line, com a cultura, como uma forma de diversão, troca de experiências e reflexão por meio da arte do cinema”, destaca o dirigente.

Saiba mais sobre o CineB Solar e acompanhe sua programação aqui.