Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Nesta quarta-feira!

Ato virtual leva reivindicações a Brasilia

Linha fina
Confira o passo a passo para participar on-line, em tempo real, da manifestação
Imagem Destaque
Arte: Reprodução

> Crie aqui seu avatar e participe do ato em Brasília

Sem risco de contaminação pela Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, a militância da CUT e das demais centrais sindicais poderão participar do ato em Brasília, nesta quarta-feira (8), às 11h, de forma virtual e em tempo real.

Presidentes da CUT e demais centrais protestarão em Brasília

Isso pode ser feito por meio do Manif.app, ferramenta criada na França por sindicalistas, utilizada em manifestações durante a pandemia de coronavírus, os militantes e as militantes marcam presença digitalmente no protesto.

Ao entrar no aplicativo clicando aqui, você cai direto na Esplanada dos Ministérios, local do protesto. Depois disso, você preenche o campo slogan e coloca a palavra de ordem que quer na sua placa de manifestante.

Confira o passo a passo e marque presença virtual no ato:

  1. O primeiro passo é entrar no Manif.APP, para isso clique aqui para acessar o link, ele te direcionará diretamente para o Ministério da Economia.

     

  2. Agora é preencher o campo Slogan, nele você coloca a palavra de ordem que quer ter em sua placa de manifestante, por exemplo: “Em defesa dos empregos” ou “Fora Bolsonaro”. Clique no botão Manifeste-se e sua presença virtual já está garantida no ato. 

     

  3. Para concluir divulgue o link do Manif.APP em suas redes sociais para convidar companheiros e companheiros para se juntar a nós nessa manifestação virtual

O aplicativo usa o serviço colaborativo Open Street Map (equivalente ao Google Maps) É responsivo, portanto, fácil de ser acionado. Permite a qualquer pessoa organizar um evento online, convidando outras pessoas a irem ao mesmo lugar por meio de contatos ou redes sociais.

Dados seguros

Segundo a plataforma do aplicativo, as informações dos usuários (contato e informações pessoais) não são compartilhadas, transmitidas, armazenadas ou fornecidas. Nenhuma informação privada (número de telefone, número IMEI, seu nome ou outro) é transmitida pela Internet. Segundo informou a SBPC quando realizou sua marcha virtual, o participante fica completamente anônimo.