Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Protesto

Bancários realizam tuitaço contra demissões no Itaú na sexta 2

Linha fina
Ação faz parte da campanha nacional #ItaúNãoDemitaMeusPais
Imagem Destaque
Reprodução
  • Bancários realizam tuitaço contra demissões no Itaú na sexta-feira 2, às 11h
  • Ação faz parte da campanha #ItaúNãoDemitaMeusPais, lançada na semana passada
  • Desligamentos contrariam o compromisso da direção do Itaú de não demitir durante a pandemia

Os bancários de todo o Brasil realizam um novo tuitaço, na sexta-feira 02, em protesto contra as demissões que o banco Itaú vem realizando em plena pandemia. A ação faz parte da campanha #ItaúNãoDemitaMeusPais, lançada na semana passada, para denunciar os desligamentos, que contrariam o compromisso da direção do Itaú de não demitir durante a pandemia do coronavírus.

A reportagem é da Contraf-CUT.

O tuitaço será realizado a partir das 11 horas. Os materiais a serem utilizados foram enviados por comunicado para os sindicatos e federações e estão disponíveis na área de acesso restrito do site da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). Os trabalhadores devem usar as imagens e as frases nas suas contas do Twitter com a hashtag # ItaúNãoDemitaMeusPais.

“Não há justificativa para demitir com um lucro de mais de oito bilhões no primeiro semestre de 2020. A propaganda na imprensa é de um Banco que se preocupa com os funcionários e clientes e ainda com o Brasil, doando para combater a Pandemia. Mas, a realidade é outra, demite vários trabalhadores contribuindo para o aumento do número de desempregados. Cadê a responsabilidade social Itaú?”, questiona Valeska Pincovai, membra do COE Itaú.