Central de Atendimento

ou whatsapp (11) 97593-7749
Seus direitos

Calculadora: veja quanto deverá receber na rescisão do contrato de trabalho

Sindicato elaborou ferramenta para que bancários saibam o valor a que têm direito a receber quando desligados. Homologações nos sindicatos não são mais obrigatórias, mas entidade tem plantão jurídico para orientar trabalhadores 

  • Redação Spbancarios
  • Publicado em 26/11/2020 10:46 / Atualizado em 26/11/2020 11:01

Montagem: Linton Publio/Seeb-SP

Desde que a reforma trabalhista entrou em vigor, em novembro de 2017, os empregadores não são mais obrigados a realizar homologações nos sindicatos. A homologação trabalhista é o momento em que se verifica se o trabalhador que está sendo desligado da empresa está recebendo todo o montante a que tem direito por lei. Sem a participação dos sindicatos nesse processo, portanto, o trabalhador fica desprotegido diante do cálculo da empresa.

Para ajudar os bancários a verificarem seus direitos no momento da rescisão do contrato de trabalho, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região elaborou uma calculadora virtual que, ao ser preenchida com os dados necessários, informa ao trabalhador o valor que ele deverá receber.

ACESSE AQUI A CALCULADORA DA HOMOLOGAÇÃO

Sindicato presta orientação jurídica aos bancários

O secretário de Assuntos Jurídicos do Sindicato, Ernesto Izumi, destaca que mesmo que os bancos não sejam mais obrigados a realizar a homologação com a participação dos sindicatos, a entidade está à disposição para esclarecer as dúvidas e orientar os bancários, por meio do plantão jurídico do Sindicato. Basta para isso que o bancário agende uma consulta por chat ou e-mail da Central de Atendimento, ou pelo telefone (11) 4949-5998.

“As homologações sem a obrigatória participação dos sindicatos foram mais um grande golpe contra os trabalhadores previsto na nefasta reforma trabalhista. Sem a orientação dos sindicatos no processo, os empregados ficam à mercê do que estabelecem os patrões, e podem ter direitos suprimidos, vindo a receber menos do que deveriam a título de rescisão dos contratos de trabalho. Mas o Sindicato disponibiliza advogados para ajudar os bancários, e orienta: caso o trabalhador tenha dúvidas quanto ao valor determinado pelo banco, é melhor procurar o jurídico do Sindicato antes de assinar a homologação”, aconselha o dirigente.

 

 

O agendamento do atendimento jurídico deve ser feito pela Central de Atendimento, via chat ou pelo telefone: 4949-5998.



Voltar para o topo