Pular para o conteúdo principal

Bradesco fechará três prédios administrativos

Imagem Destaque
Fotografia da Nova Central, que terá as atividades encerradas pelo Bradesco

As suspeitas de muitos bancários do Bradesco, que questionaram dirigentes sindicais quanto a possibilidade de fechamento de prédios administrativos, se confirmaram no final da tarde da última sexta-feira 19, quando o banco comunicou ao Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região o encerramento das atividades em três prédios: Alameda Rio Negro, Santa Cecília e Nova Central. 

De acordo com o banco, foi realizado um estudo para usar seus espaços disponíveis de maneira mais eficiente, proporcionando aumento de sinergia. O estudo, que antecede a pandemia de Covid-19 e não possui relação com o teletrabalho, iniciou em outras cidades e chegou a São Paulo. 

O encerramento das atividades nos três prédios afetará em torno de 2.740 bancários, sem contar outras empresas coligadas como, por exemplo, a seguradora. Os trabalhadores impactados começaram a ser informados na última sexta 19 e nesta segunda 22. 

O Bradesco afirma ainda que não se trata de reestruturação, e sim de readequação de espaços. As datas para a mudança são datas alvo e devem ocorrer todas no primeiro semestre de 2022. 

“O banco nega que a mudança seja uma reestruturação, mas obviamente estamos preocupados  com o emprego destes trabalhadores e acompanharemos de muito perto estas mudanças. Também nos entristece muito o fato de que estão com o futuro incerto trabalhadores como o pessoal de portaria, segurança e limpeza deste centros administrativos”, diz a diretora do Sindicato e bancária do Bradesco, Erica de Oliveira. 

“O bancário que tiver qualquer tipo de problema, dúvidas ou outros questionamentos deve entrar em contato com o Sindicato imediatamente para que possamos atuar junto ao banco. O sigilo é garantido”, orienta Erica.

Procure o Sindicato

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação.

Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? Deixe seu contato que vamos te ligar 

Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário ou whatsapp.

 Em tempo real - Entre nessa página especial do nosso site para saber todas as notícias sobre o coronavírus (Covid-19) 

Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.

seja socio