Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Banco do Brasil

Teletrabalho é a solução contra problemas de superlotação e transporte no Cenesp

Imagem Destaque
Foto mostra bancários do Banco do Brasil em uma grande fila a espera da van que os levará do Centro Empresarial São Paulo, até o Metrô. A fila é dentro de um estacionamento

Em tempo: Sindicato vence ação sobre Home Office. Entenda.

Muitos dos mais de dois mil trabalhadores do Banco do Brasil alocados no Centro Empresarial São Paulo (Cenesp) enfrentam cotidianamente problemas de superlotação no local, o que os obriga ao cúmulo de terem de revezar estações de trabalho com colegas.

Como se não bastasse essa situação absurda, o Banco do Brasil impõe um grave problema de transporte aos funcionários do centro administrativo situado no extremo da zona sul de São Paulo.

O traslado do local até a estação Giovanni Gronchi do Metrô é feito de forma muito precária. O número de vans ofertadas pelo banco é insuficiente, o que ocasiona filas enormes, que fazem com o que os deslocamentos do trabalho até as casas dos bancários sejam muito demorados.

Por meio dos dirigentes sindicais, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região já recebeu centenas de relatos de trabalhadores afirmando que chegam a gastar mais de quatro horas para ir e voltar do trabalho, todos os dias.

“A solução para esses problemas é a implementação imediata do teletrabalho. Esperamos que o Banco do Brasil pare de atentar contra a dignidade desses trabalhadores, e implemente imediatamente o regime de home office até que ambas as situações sejam solucionadas.”

Diego Peppe Pereira, dirigente sindical e bancário do Banco do Brasil

Procure o Sindicato

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação.

Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? Deixe seu contato que vamos te ligar 

Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário ou whatsapp.

 Em tempo real - Entre nessa página especial do nosso site para saber todas as notícias sobre o coronavírus (Covid-19) 

Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.

seja socio