Central de Atendimento

ou whatsapp (11) 97593-7749
CUT/Vox Populi

Temer é rejeitado por 95% da população

Avaliação faz de Michel Temer o pior chefe de governo na história; pesquisa também aponta que 88% defendem diretas já

  • Rede Brasil Atual
  • Publicado em 03/08/2017 19:28

Ato contra Temer na Avenida Paulista

Foto: Roberto Parizotti/CUT

São Paulo – Avaliação do desempenho de Michel Temer (PMDB), primeiro presidente da República denunciado formalmente por corrupção no exercício do mandato, despenca em todas as regiões do Brasil, independentemente da faixa de renda, escolaridade ou gênero. Pesquisa Vox Populi realizada a pedido da CUT apurou que 95% dos entrevistados consideram negativo o desempenho de Temer. A reportagem é da Rede Brasil Atual.

É o pior presidente para homens e mulheres (94%). Nos cortes por faixas de renda – menos de dois salários mínimos, de dois a cinco, e acima de cinco – a reprovação ao modo Temer de governar é sempre superior a 93%. A avaliação se repete também por escolaridade, tanto entre os que estudaram até o ensino médio e o superior (96%) quanto os que fizeram apenas o ensino fundamental (93%). 

A pesquisa detectou ainda que, caso Temer fosse afastado pela Câmara dos Deputados – como queriam 93% dos brasileiros –, 88% defendiam eleições diretas para escolha de seu substituto. 

> Veja deputados de SP que votaram com Temer e não vote mais neles

Para o presidente da CUT, Vagner Freitas, os deputados do PSDB, DEM e toda a base aliada de Temer estão de costas para a população. “Com Temer batendo recordes de impopularidade, é absolutamente inacreditável o que os  deputados estão fazendo. Eles estão absolutamente de costas para a população brasileira”, diz Vagner, lembrando também o histórico de a maioria do atual Congresso ter votado pelo congelamento dos gastos com saúde e educação, pela "reforma" trabalhista que retira direitos e preparar o fim do direito à aposentadoria. "E ainda votam para impedir que o STF julgue um presidente acusado de corrupção."

A pesquisa CUT/Vox Populi foi realizada de 29 e 31 de julho, entrevistou 1.999 pessoas com mais de 16 anos, em 118 municípios, em áreas urbanas e rurais de todos os estados e do Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior. A margem de erro é de 2,2 %, estimada em um intervalo de confiança de 95%.

 

 


 



Voltar para o topo