Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Aguardamos retorno positivo

Sindicato cobra do Itaú medidas severas contra Covid-19 e Influenza H3N2

Imagem Destaque
Arte na cor laranja composta representações de vírus ao fundo, dois megafones em cada canto inferior e, ao centro, um balão com pontos de exclamação

Dirigentes sindicais reuniram-se com a direção do Itaú para discutir e cobrar do banco medidas severas de prevenção contra a Covid-19 e gripe.

>Suspeita de Covid ou Influenza no local de trabalho? Informe ao Sindicato

Diante do aumento absurdo de contaminação pela variante ômicron do coronavírus (Sars-Cov-2) e Influenza (H3N2) na categoria, o Grupo de Trabalho de Saúde do movimento sindical elaborou um ofício com propostas no sentido de minimizar os riscos de contaminação pelos vírus que causam síndromes respiratórias. O documento foi entregue a representantes do banco na reunião realizada na tarde de quarta-feira 12.

Influenza e Covid-19: não é hora de relaxar nos cuidados! Vamos juntos vencer a pandemia!

Dentre as exigências feitas pelo Sindicato, as principais são:

  • Fornecimento de máscaras N95/KN95/PFF2, que fornecem proteção mais eficaz contra infecção de vírus que causam síndromes respiratórias;
  • Testagem de todos os trabalhadores: bancários e terceirizados;
  • Limitação de clientes dentro das agências;
  • Contratação de empresa especializada para a sanitização e fechamento pelo período de 24 horas de agências com casos confirmados de Covid-19 ou Influenza;
  • Ampliação da equipe de atendimento da telemedicina, que está congestionada devido à grande procura.

Por meio de consulta feita pelo Sindicato com a categoria bancária, 88% dos que participaram apontam casos de Covid-19 nos locais de trabalho.

“Trabalhadores estão sofrendo com a sobrecarga de trabalho devido ao grande número de afastamento devido à crise sanitária, causando adoecimento mental devido à pressão exagerada por metas.”

Sérgio Francisco, diretor do Sindicato e bancário do Itaú

Muitas denúncias estão chegando ao Sindicato diariamente apontando a infecção de colegas e o não cumprimento dos protocolos de saúde. Há denúncias de agências com casos das doenças que ficam fechadas por apenas uma hora para sanitização, e onde são utilizados produtos sem eficácia na higienização.

“Isso é um absurdo. Os bancários do Itaú pedem socorro. É inaceitável que um banco como o Itaú não cumpra os protocolos de saúde, colocando em risco a saúde dos trabalhadores. O movimento sindical aguarda um retorno positivo por parte do banco e cobra para que sejam atendidas todas as reivindicações, visando a preservação da saúde e das vidas dos trabalhadores e dos clientes.”

Sérgio Francisco, diretor do Sindicato e bancário do Itaú.

Procure o Sindicato

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação.

Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? Deixe seu contato que vamos te ligar 

Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário ou whatsapp.

 Em tempo real - Entre nessa página especial do nosso site para saber todas as notícias sobre o coronavírus (Covid-19) 

Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.

seja socio