Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Pandemia

Covid-19: Sindicato protesta contra mudança de protocolo pelo BB

Imagem Destaque
Protesto do Sindicato contra mudança unilateral do protocolo Covid-19 pelo Banco do Brasil

Em tempo: Sindicato vence ação sobre Home Office. Entenda.

Nesta quinta-feira 13, o Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região realizou protestos em duas agências do Banco do Brasil, na região da Avenida Paulista, contra descumprimentos e alteração unilateral do protocolo Covid-19 por parte do banco. 

Influenza e Covid-19: não é hora de relaxar nos cuidados! Vamos juntos vencer a pandemia!

“O Banco do Brasil simplesmente ignorou compromisso com o movimento sindical e chancelado em acordo junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT), no âmbito federal. Uma das alterações mais graves no protocolo foi a exclusão do trecho que orientava a encerrar o expediente das suas unidades e dispensar os funcionários, para fins de higienização, quando um trabalhador positivado para Covid-19 estivesse na dependência nas últimas 72 horas”

Adriana Ferreira, dirigente do Sindicato e bancária do BB

Banco do Brasil muda protocolos contra Covid-19, desrespeitando funcionários

“Ou seja, a direção do banco passou a permitir que o local de trabalho funcione mesmo quando o funcionário contaminado já teve contato com os colegas, aumentando a possibilidade de transmissão do coronavírus, ao invés de dispensar os trabalhadores e realizar a devida higienização. Além disso, também recebemos denúncias de mau uso de máscaras nas unidades do BB”, acrescenta. 

A mudança do protocolo feita pela direção do BB ocorre no pior momento da pandemia. Com a chegada da nova variante do Coronavírus, a Ômicron, mais transmissível que as anteriores, houve uma explosão no número de novos casos. Dados preliminares de pesquisa feita pelo Sindicato mostram que 88% dos bancários que participaram do levantamento apontam casos de Covid-19 ou Influenza no local de trabalho nos últimos 30 dias. Outro indicador do avanço da pandemia no próprio BB é a espera para atendimento via telemedicina na Casssi, que chega até 17 horas. 

Covid-19 e Influenza: Sindicato cobra "Mais" responsabilidade da Cassi

Denuncie

Qualquer desrespeito ao protocolo, ou pressão para retornar ao trabalho mesmo sem o teste negativo para Covid-19, deve ser denunciado ao Sindicato (veja como abaixo). Além disso, caso o bancário identifique casos suspeitos de Covid-19 ou de Influenza no local de trabalho, ou ele mesmo esteja com suspeita ou confirmação de contaminação, também deve informar ao Sindicato (preencha o formulário). Desta forma, a entidade pode atuar junto ao banco para garantir que todos os protocolos de prevenção sejam devidamente respeitados, mensurar a situação da pandemia e do surto de gripe na categoria, e cobrar as providências cabíveis do setor público. O sigilo é garantido.

“O Sindicato está em permanente atuação para que os bancos cumpram os protocolos e implementem todos os esforços para proteger bancários e também clientes. Para isso, a parceria com os bancários é essencial. Não é o momento de relaxar no cumprimento dos protocolos, e também nos cuidados fora do banco, como o uso de máscaras, distanciamento, evitar aglomerações e higienização frequente das mãos com álcool gel. E, claro, não deixar de tomar as duas doses da vacina, assim como a dose de reforço”, conclui Adriana. 

Procure o Sindicato

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação.

Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? Deixe seu contato que vamos te ligar 

Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário ou whatsapp.

 Em tempo real - Entre nessa página especial do nosso site para saber todas as notícias sobre o coronavírus (Covid-19) 

Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.

seja socio