Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Mobilize-se

Covid-19: bancários de todo país fazem dia de luta por vacinação

Imagem Destaque
Ilustração divulgando o tuitaço por prioridade para os bancários na vacinação contra a Covid-19, que acontece amanhã, 27 de maio, a partir das 9h, com a hashtag #VacinaJá

Bancários de todo o Brasil promoverão, nesta quinta-feira 27, um Dia Nacional de Luta pela inclusão da categoria como essencial no Plano Nacional de Imunização (PNI) e por vacina para todos. 

De acordo com levantamento do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), entre o primeiro trimestre de 2020 e o primeiro trimestre de 2021, que compreende o período da pandemia, o número de desligamentos por mortes na categoria bancária teve crescimento de 176,4%. Esse crescimento provavelmente se deu por conta da Covid-19, apesar de que o Caged não informa a causa do óbito.

Desligamentos por morte na categoria reforçam vacina já para bancários

“Os serviços bancários foram considerados essenciais em todos decretos municipais ou estaduais que previram medidas de isolamento contra a pandemia. Os bancos nunca deixaram de funcionar. Portanto, nada mais justo que os bancários, assim como outras categoria que estão na linha de frente, sejam incluídos em grupo prioritário para vacinação”

Ivone Silva, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região

O Sindicato, juntamente com a Contraf-CUT e outras entidades representativas, tem enviado ofícios aos executivos municipal, estadual e federal cobrando a vacinação prioritária dos bancários, de agências e departamentos, além de pressionar a Fenaban para que os bancos utilizem da sua influência para solicitar a imunização dos trabalhadores junto ao governo federal. A entidade também tem se articulado junto aos parlamentares que apoiam a reivindicação, como é o caso da vereadora Juliana Cardoso (PT), que apresentou um projeto de lei que prevê vacinação prioritária para a categoria bancária e outras categorias em atividades essenciais. 

Sindicato envia ofício a Doria cobrando vacinação para bancários 
Vacina: Sindicato cobra governo paulista por prioridade para bancários
Sindicato solicita vacinação já para a categoria bancária 

Ivone lembra que o movimento sindical bancário atua pela proteção e segurança dos trabalhadores desde o início da pandemia. “Fomos uma das primeiras categorias a negociar medidas de proteção aos trabalhadores. Assim, conseguimos que metade dos bancários, em todo o país, fossem colocados em home office ou em regime de rodízio nas agências. Na última mesa de negociação com os bancos, a Fenaban finalmente apresentou proposta de protocolo unificado contra a Covid-19, que será analisado pelo movimento sindical e debatido na próxima mesa”, reforça.

Bancos apresentam proposta de protocolo unificado contra Covid-19

Nas redes 

Os bancários também estarão mobilizados nas redes sociais no Dia de Luta, cobrando #VacinaJá. A partir das 10h desta quinta 27, bancários e bancárias de todo país promoverão um tuitaço com a hashtag #VacinaJá. 

“Conclamamos todos os colegas bancários e bancárias a participarem do tuitaço por prioridade na vacinação contra a Covid-19. Quando maior for a nossa mobilização, quanto maior for a nossa pressão sobre as autoridades, maiores serão as chances de sucesso na nossa reivindicação. É preciso colocar os trabalhadores bancários na fila da vacinação, assim como outras categorias que também estão na linha de frente, como os trabalhadores em educação e em transportes públicos, que já estão sendo vacinados”, conclui a presidenta do Sindicato.