Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Atendimento Jurídico

Sindicato já atendeu mais de 100 bancários do Banco do Brasil afetados pela reestruturação

Imagem Destaque

O Sindicato cos Bancários de São Paulo, Osasco e Região já atendeu 103 bancários afetados pela mais recente reestruturação do Banco do Brasil que fechou 361 unidades – sendo 112 agências, 7 escritórios e 242 postos de atendimento –, está demitindo quem aderiu ao Programa de Desligamento Extraordinário ou Programa de Adequação de Quadros (PDE/PAQ), descomissionou centenas de funções e reduziu salários.

Sindicato recupera R$ 121,5 milhões para bancários em 2020

Dessas 103 pessoas, 48 são caixas e comissionados que perderam suas funções e tiveram seus salários rebaixados. Outros 36 são colegas que aderiram aos planos de demissão. Interessados na Comissão de Conciliação Prévia (CCP) e Comissão de Conciliação Voluntária totalizaram 19 pessoas.

Reestruturação: Sindicato ajuiza ações para manter direitos

Para o atendimento emergencial, foram criados três formulários para cadastro (veja abaixo). Um diretor do sindicato retorna em 24 horas e dá o primeiro atendimento. Em seguida, o escritório Crivelli Associados presta o atendimento jurídico.

As principais demandas dos trabalhadores são manter seus salários, tirar dúvidas sobre planos de saúde na demissão, em especial sobre o Economus, orientações para o processo demissional, sétima e oitava horas, comissões de conciliação. Nas reuniões as ações coletivas também são esclarecidas aos bancários.

BB anuncia lucro; bancários lutam contra desmonte da instituição
Bancários do Banco do Brasil fazem nova paralisação contra reestruturação
Bancários do BB param contra a reestruturação
Bancários do Banco do Brasil fazem protesto nacional antes da paralisação
Sindicato na luta em defesa do BB e seus trabalhadores

“É importante que todo bancário apoie seu sindicato e se sindicalize. Isso fortalece a luta contra a privatização do BB e ainda garante mais segurança nas ações coletivas”, ressalta Ernesto Izumi, secretário de Assuntos Jurídicos do Sindicato e bancário do Banco do Brasil.

“Além disto, há outras vantagens em ser associado, como descontos e convênios. Os ataques do governo aos direitos dos trabalhadores não param. Neste ano, o sindicato completou 98 anos de lutas e conquistas e mais do que nunca segue defendendo o associado e contando com seu suporte”, acrescenta o dirigente.

Atendimento jurídico na reestruturação

Os bancários do Banco do Brasil demitidos podem realizar junto ao Sindicato o pedido de ingresso na Comissão de Conciliação Prévia (CCP) através de formulário online (CLIQUE AQUI).

Os bancários do BB que perderam sua função de caixa ou comissão podem solicitar atendimento sindical e jurídico CLICANDO AQUI. Aos bancários que solicitaram ao banco inclusão no PAQ ou PDE, o Sindicato presta orientações jurídicas (CLIQUE AQUI).

Procure o Sindicato

> Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário.

> Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

> Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.