Pular para o conteúdo principal

Contra demissões no Bradesco, a luta vai aumentar!

Linha fina
Em reunião entre representantes dos bancários e a direção do banco, Bradesco negou a cobrança para que interrompesse o processo de demissões na pandemia. Mobilização em defesa dos empregos será intensificada
Imagem Destaque
Arte: Linton Publio/Seeb-SP

Em reunião entre a COE (Comissão de Organização dos Empregados do Bradesco) e a direção do Bradesco, realizada nesta quinta 8, o banco afirmou que vai continuar o processo de demissões na empresa, mesmo em meio à uma pandemia, contrariando a reivindicação dos representantes dos trabalhadores. 

A direção do banco também negou a reivindicação de oferecer aos já demitidos outra contrapartida além da extensão do plano de saúde por seis meses a mais do que determina a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), conforme o anunciado no comunicado "Concessão de Benefício Adicional no Desligamento”.  

Bradesco, a pandemia não acabou! Vai demitir mesmo?

"Desde que o Bradesco soltou o comunicado, na segunda 28, sobre a extensão do plano de saúde para demitidos, o que mostrava que demitiria, o movimento sindical cobrou reunião com o banco. Em paralelo, realizamos vários protestos contra as demissões, nas ruas e redes", diz a diretora do Sindicato e bancária do Bradesco, Erica Oliveira.

Ao justificar as demissões - que representam a quebra de um compromisso público assumido pelo Bradesco, de não demitir na pandemia - a direção do banco alegou que a pandemia acelerou transformações e que o Bradesco está lidando com uma nova realidade. De acordo com o banco, estão sendo realizados estudos, semanalmente, para avaliar as estruturas da organização e buscar a realocação de trabalhadores.   

Sindicato volta a denunciar demissões no Bradesco
Bancários promovem ato contra demissões na zona sul de São Paulo
Contra demissão, bancários reagem na região da Paulista
Contra as demissões, bancários protestam na zona norte de São Paulo
Bancários iniciam protestos contra demissões no Bradesco

“A batalha apenas começou e não nos daremos por vencidos. Não existem razões para que um banco, considerado a empresa de capital aberto mais lucrativa da América Latina, demita trabalhadores em plena pandemia. Diante das negativas do Bradesco, vamos fortalecer cada vez mais a campanha contra as demissões; aumentaremos a mobilização; faremos novos atos; e convocaremos plenárias para ouvir os trabalhadores quanto aos próximos passos da luta”, enfatiza a diretora do Sindicato. 

Outras demissões 

Sobre demissões de bancários em tratamento de saúde ou em estabilidades previstas pela CCT, o Bradesco acatou a reivindicação do movimento sindical e irá rever os casos individualmente, conforme o Sindicato comunicar o banco sobre os mesmas. “Já identificamos demissões de trabalhadores em tratamento de câncer e de outras doenças graves, e de bancários em estabilidade pré-aposentadoria, com carta de aviso protocolada junto ao banco. O bancário que for demitido em tratamento de saúde, ou dentro das estabilidades asseguradas pela CCT, deve procurar o Sindicato imediatamente”, orienta Erica. 

Homologações

O Sindicato voltou a fazer homologações presenciais de trabalhadores do Bradesco nesta quinta-feira 8. As homologações presenciais estavam suspensas por conta da pandemia de coronavírus. Os bancários devem aguardar o agendamento de suas homologações pelo Bradesco, mas caso tenham dúvidas devem procurar o Sindicato por meio da Central de Atendimento: (11) 4949-5998.

Sindicato retoma homologações presenciais do Bradesco

É fundamental que os bancários do Bradesco façam suas homologações no Sindicato, onde terão acompanhamento jurídico para que seus direitos sejam assegurados. 

Procure o Sindicato

> Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? CLIQUE AQUI e deixe seu contato que vamos te ligar 

> Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário 

> Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia

> Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.