Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Imunização

Ministério da Saúde oficializa bancários nos grupos prioritários da vacinação

Imagem Destaque

Em nota técnica divulgada nesta quinta-feira 15, o Ministério da Saúde oficializou que a categoria bancária faz parte dos grupos prioritários no Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19, como já havia se comprometido em reunião com dirigentes sindicais bancários no dia 6 de julho. Na nota (veja imagem abaixo), o Ministério determina que 20% do total de doses distribuídas a cada unidade federada seja direcionada a bancários e a trabalhadores dos Correios.

A inclusão é uma vitória do movimento sindical bancário, que desde o início da imunização no país vem pressionando o governo federal, estaduais e municipais pela prioridade, uma vez que os bancários nunca deixaram de atender presencialmente a população durante a pandemia.

“Essa decisão é fruto da pressão constante dos sindicatos por vacinas para a categoria. O governo federal deveria ter nos atendido há mais tempo, mas mesmo agora é uma determinação importante, uma que o ritmo de vacinação no país ainda está lento – o estado de São Paulo, por exemplo, só 16% da população está imunizada com as duas doses – e que a maioria da categoria bancária está na faixa entre 18 a 34 anos. Nessa corrida pela vida, adiantar a vacina em semanas e até mesmo em um mês com certeza salvará muitos trabalhadores”, destaca a presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Ivone Silva.

(veja ao final da matéria gráficos que mostram a categoria bancária por faixa etária na base do Sindicato, no estado de São Paulo, na cidade de São Paulo e nos municípios da base do Sindicato)

Vacinação na base do Sindicato

Apesar da decisão do governo federal, o governo de São Paulo já anunciou que não incluirá os bancários como grupo prioritário no plano estadual de vacinação. “Seguiremos pressionando o governador João Dória pela inclusão dos bancários. E ainda atuando junto às prefeituras e câmaras municipais”, anuncia Ivone.

Lembrando que essa atuação do Sindicato já rendeu avanços, com a categoria sendo prioridade em pelo menos seis dos municípios da base: Cotia, Barueri, Itapevi, Juquitiba, Embu Guaçu e Taboão da Serra. Nos demais municípios, o Sindicato continua lutando pela prioridade para a categoria, conversando com prefeitos e vereadores (acompanhe aqui pelo site e pelas redes sociais da entidade: Facebook, Instagram e Twitter).

Veja gráficos com a faixa etária da categoria e o calendário de vacinação contra a Covid-19