Pular para o conteúdo principal
Chapéu
Participação expressiva

Bancários do Daycoval fazem assembleia e aprovam Acordo Coletivo sobre Programa de PPR

Imagem Destaque
Imagem com fundo brando e uma mão segurando um sinal de "check", indicando aprovação

Com participação bastante expressiva, os bancários do Daycoval aprovaram Acordo Coletivo de Trabalho que renova o Programa de Participação nos Resultados (PPR) para o exercício de 2023, além da autorização do desconto a ser efetuado em função da negociação coletiva realizada.

O pagamento da PLR da Convenção Coletiva de Trabalho e do PPR, ambos referentes a 2023, devem ser feitos até o último dia de fevereiro.

A deliberação ocorreu em assembleia híbrida (online e presencial, na Regional da avenida Paulista do Sindicato), na manhã de quarta-feira 7. Na ocasião, os bancários tiveram a oportunidade de tirar todas as dúvidas e se manifestar sobre a proposta.

A participação expressiva na assembleia se deve ao trabalho de aproximação do Sindicato com os trabalhadores do Daycoval.

>Sindicato faz ato em frente ao Daycoval por melhores condições trabalho

Houve uma demora na negociação para esse acordo, em razão de o Sindicato ter identificado pagamento incorreto da PLR prevista na CCT, referente a 2022. O banco só fez o crédito correto em dezembro de 2023, aos ativos e aos desligados que tinham direito a essas diferenças.

Por conta desta demora, após a confirmação e o pagamento desses valores, o Sindicato entendeu por encaminhar a proposta de renovação do PPR e então dar os devidos encaminhamentos para a assembleia.

Neste período também ocorreram outros problemas. Em 2023, o Sindicato recebeu muitas denúncias de empregados do Daycoval, com alegação de assédio moral e até sexual

>Sindicato vê urgência para tratar assédio no Daycoval
>Sindicato leva novas denúncias ao Daycoval
>Sindicato cobra Daycoval quanto a assédio e outros problemas

Plano de saúde

Também surgiram problemas com relação às mudanças imposta pelo banco em relação ao plano de saúde dos funcionários. A consulta solicitada pelo Sindicato à instituição financeira não teve o resultado positivo, que era avaliar a melhor opção pelo empregado.

No entanto, na consulta, o banco não apresentou entre as opções o plano anterior, o que gerou muita indignação, principalmente porque, em reunião com o Sindicato, o presidente do Daycoval havia alegado que a mudança do convênio de saúde não tinha relação nenhuma com questões financeiras.

“Se não estava envolvida com questões financeiras, qual era o interesse em mudar o plano? Porque até hoje não ficou clara a mudança que só prejudicou os funcionários. O Sindicato continuará insistindo na instauração de uma mesa de negociação para acompanhar as mudanças no convênio médico impostas pelo Daycoval”, afirma Lucimara Malaquias, secretária-geral do Sindicato.

Denuncie ao Sindicato

Todos este problemas foram frisados aos bancários na assembleia realizada na quarta-feira 7. Também foi reforçado aos bancários para que continuem a utilizar o Canal de Denúncias do Sindicato, que é o instrumento mais seguro e eficiente para uma apuração sem qualquer exposição que possa causar retaliação.

A plataforma assegura aos trabalhadores o sigilo dos seus dados, o acompanhamento da denúncia, a apuração e o retorno efetivo do caso relatado.

>Canal de Denúncias é meio mais seguro e confiável para resolução de conflitos

“Seguiremos cobrando da direção do Daycoval a solução dos problemas identificados, como a questão do plano de saúde e os casos de assédio. E é muito importante que os bancários continuem denunciando ao Sindicato e se mantenham sindicalizados, pois são as mensalidades dos associados que garantem a sustentação da estrutura da entidade que negocia melhorias nas condições de trabalho e a renovação de acordos coletivos como o do PPR, aprovado pelos bancários na quarta-feira 7.”

Lucimara Malaquias, secretária-geral do Sindicato

Procure o Sindicato

Está com um problema no seu local de trabalho ou seu banco não está cumprindo o acordado? Acesse nosso Canal de Denúncias.

Central de Atendimento - você pode falar conosco via chat  ou solicitação via formulário ou whatsapp.

Redes Sociais - nossos canais no Facebook e Twitter estão abertos, compartilhando informações do Sindicato e de interesse da sociedade sobre a pandemia.

Quer receber notícias sobre o seu banco? Cadastre-se em nossa newsletter e receba em seu e-mail.

 

seja socio